Blogger Template by Blogcrowds

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Sofrimento


De repente, eu percebo que minha vida virou um inferno.

Como uma perda faz uma pessoa crescer?

Emocionalmente, quero dizer.

Como perder uma pessoa querida,

Que você via praticamente uma vez ao ano,

Faz você ver que a vida não é um mar de rosas

E ver como realmente ela é?

De repente, você vê que seus pais brigam,

Pessoas realmente são falsas,

E amigos, aqueles dos momentos alegres e tristes,

São mais raros do que a gente pensa

E, muitas vezes, são aqueles que a gente menos imagina.

Então, você sente que a infelicidade é infinita,

E um único sorriso é o que você consegue por dia.

Mas há uma esperança neste rio de tormento:

O amor. Não o amor familiar ou de amigos,

Mas o amor entre um homem e uma mulher,

O amor intenso e carnal.

Mas como eu posso demonstrar amor por uma pessoa que dia após dia vive me rejeitando?

Assim, não me resta mais nenhuma esperança para me agarrar.

Só resta eu, minha solidão e 2 ou 3 amigos.

Então viro refém da minha tristeza,

Da minha angústia,

Do meu sofrimento.

Porém, apenas, uma refém.

Um comentário: